terça-feira, 31 de maio de 2011

15 mil professores convocados via concurso público e mais 10 mil posteriormente - SP

Secretaria da Educação convoca 15 mil professores para a rede estadual

Do educAÇÃO BR
Neste aspecto a administração paulista sai na frente dos outros estados, como exemplo o de Pernambuco que privilegia os contratos temporários desrespeitando os concursados que estão com o certame ainda na validade, na rede pernambucana são mais de 5.000 professores temporários este ano. A educação pública tem no professor o foco da qualidade, escantear aprovados em concursos de provas e títulos para entrada de apadrinhados que nenhum teste se quer fazem é só mais um soco na educação e bem forte, pois este desrespeita até a nossa constituição que prevê ingresso via concurso e não essa farra de indicações, de seleções de "peixadas", uma farra eleitoreira dos contratos.
Não sendo um modelo que acompanhe as melhores redes de educação do mundo, no Brasil, ainda com muitos problemas a rede de ensino paulista é a que alcança no geral melhores médias de qualidade justamente pela administração ser mais seria em muitos pontos diante dos desmandos e descasos das outras gestões das nossas unidades federativas. Isso dentro de um processo cultural que envolve o nível de politização das populações e seus sucessivos governos através da história. 

Da Redação
Em São Paulo
A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, por meio de edital publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 28 de maio, iniciou a convocação de 15 mil professores para o Ensino Fundamental ciclo 2, o Médio (PEB II) e para a Educação Especial. Estes candidatos prestaram o concurso em março de 2010.
Em fevereiro deste ano, o governador Geraldo Alckmin anunciou a contratação de 25 mil novos professores para a rede estadual. Os outros 10 mil profissionais deverão ser convocados posteriormente.

Por enquanto, as convocações para as sessões de escolha de vagas são semanais, começando com as disciplinas que tenham o menor número de candidatos remanescentes. Ao escolher a vaga, o candidato já estará convocado para a 3ª etapa do processo seletivo para o curso promovido pela Escola de Formação de Professores. Os novos docentes deverão ingressar no curso em julho. Os aprovados serão nomeados no final deste ano para ingresso na rede estadual no início de 2012.

Os dias, horários e locais em que os professores convocados devem comparecer estão disponíveis no site do Diário Oficial. Os candidatos devem levar documento de identidade (RG) e o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), ou ser representado por procurador, legalmente constituído, portando cópias dos documentos mencionados.

Um comentário:

  1. "Posteriormente quando? Novas escolhas ainda em 2011?

    ResponderExcluir